terça-feira, 25 de setembro de 2007

Desabafo

Hoje me sinto autoritário.
Então, não me venha com “xurumelas”.
E não me sinto dessa forma só por ter terem duvidado de mim ou por terem me enganado.
Ahh... como odeio quando duvidam de mim ou me enganam.
Entretanto, me sinto assim porque eu simplesmente odeio Fernando Collor.
Você pode está pensando “Mas Patinho Feio de onde você desenterrou este ressentimento?”.
Eu respondo, “sou obrigado a estudar ele, pois quero passar numa droga de prova que define meu futuro em mínimas horas.”
Já basta não ter começado o dia bem, pois mais uma coisa que odeio é que fiquem questionando as coisas que gosto.
E daí que eu simplesmente adoro e admiro o cinema nacional?
Se você não vê desse modo, sem problemas! Não estou aqui para contestar ou te convencer do contrário, mas por favor, ACEITE meu gosto.
O cinema no Brasil passou por uma fase realmente não muito boa, mas este quadro vem sendo mudado. O maior exemplo disso é o tão idolatrado “Cidade de Deus”.
Claro que temos nossos filmes ruim, eu mesmo não gostei de “Eu, tu e eles”, mas você vai me dizer que você nunca assistiu um filme estrangeiro que é muito ruim?
Eu poderia fazer uma lista aqui, mas eu acho que você tem que valorizar o bom e não o ruim.
Motivo qual valorizo o cinema brasileiro.
Porém, você pode não está entendendo a relação de Collor com o Cinema.
Me revolta responder que Collor extinguiu a chance de termos uma rede cinematográfica, já que ele acabou com a Embrafilme, o Concine, a Fundação do Cinema Brasileiro, o Ministério da Cultura, as leis de incentivo à produção, a regulamentação do mercado e até mesmo os órgãos encarregados de produzir estatísticas sobre o cinema no Brasil.
Sinto muito dizer que o povo brasileiro é marcado pela hipocrisia.
E quer saber de uma coisa mais irônica?
Sou obrigado a pegar um ônibus todos os dias que se chama Fernando Collor.

Como eu gostaria de está gritando em meio aquela juventude com caras pintadas



Embora, a única coisa que faço é escrever um irritante desabafo.

4 comentários:

Srta Pecinha de Lego disse...

apoiado.e tenho dito..humpft!

Viviane Heleno disse...

Jesus, Maria, José. Eu acho que nunca vi o Patinho Feio num momento de fúria.
e eu apoio super e acho que devíamos ter matado Collor juntos, de preferência enrolado em uma pelicula de filme brasileiro.
saudades ;~

Colombina disse...

o assunto é cinema nacional???
que bom, pensei realmente que vc ia falar da crise econômica brasileira desde a era Collor...

então vai aki uma dica...assiti ontem a noite e gostei muito...
Os Narradores de Javé.

Não sei de quem eh...mas eh um bom filme nacional! espero que goste!

bjão

Viviane Heleno disse...

Agora falando sobre a parte sem entendimento anteriormente e entendida ontem a noite: enganado.

eu acho que o jeito como você deu a volta por cima, merece um post especial, porque só vc consegue tirar onda de uma forma tão FANTÁSTICA *-----------*
eu sou sua fã.
*-*
MELDELS.
Como disse ontem, tu é dos meus hein? :))
Pois sim, eu vou com 'xurumelas' tratando-se de outro assunto: sou ciumenta e tenho dito. Humpft!