sábado, 15 de setembro de 2007

Minha Falha

Só meus olhos registravam aquela cena.
De algum canto, vinham risos.
- Acorda, vagabundo!
Mas muitos permaneciam calado, entretanto eles não precisavam falar, dava para ler teus pensamentos através daqueles olhares.
Alguns estavam indignados por estarem presenciando aquilo, outros tinham um olhar de dó e os demais pareciam não se importarem.
Após os risos dos verdadeiros “carentes”, faz se um silêncio.
Todos pareciam estar questionando-se.
E eu começara a fazer o mesmo.
Meus problemas eram insignificantes comparado a situação daquele rapaz.
Minha angústia não é nada perto da fome que o aflige.
Meus planos para o futuro pareciam sumir diante de alguém que talvez nem tenha um futuro.
Ele acordou.
Não restava muita gente no ponto de ônibus, mas eu continuava ali.
- Você pode me ajudar? Tenho fome!
Isso me tocava, mas não fiz o que tinha de ser feito.
Só tinha o dinheiro do lanche e disse um “não” meio sem jeito.
O ônibus chegou.
Aposto que ninguém mais pensava no que acabara de ver.
Nesta tarde, eu nem lanchei.
Sinto-me arrependido pelo que não fiz.
Registro aqui o meu arrependimento.
Registro a minha falha.

4 comentários:

Viviane Heleno disse...

meldels, isso aconteceu comigo a pouco tempo V.
me senti muito mal também , parecia que eu estava com um nó na garganta sabe ?
doeu o arrependimento depois, te entendo perfeitamente.

adorei as palavras.

beeijO :*
te amo ♥

Srta Pecinha de Lego disse...

senhor patinho feio que no final vira cisne, sr amigo de viviane , sr sem pseudonimo por hora...Pare de se martirizar.sim é triste.sim é horrivel, sim , é tudo isso...mas a gente não pode cuidar do mundo todo.faça tua parte e já valerá. Quanto ao ocorrido, bom..pelo menos fica a lição certo?
o blog ta lindo.


p.s.: eu preciso de um pseudonimo pra vc...ah..pergunte a vivi isso de pseudonimos..rsrss

Guigo F.G. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Guigo F.G. disse...

Estamos sempre nos martirizando com os problemas do mundo... Na situação da maioria das pessoas, lamentável, qualquer pequena atitude vale muito. Mesmo não resolvendo a situação. Vc sentiu-se amargurado, mas terá outras muitas oportunidades para colaborar.