domingo, 14 de outubro de 2007

Um dia solitário

É um dia solitário.
Mas noite passada sonhei com uma garota sorridente.
Ela corria pelas ruas e crianças a seguiam.
Eu poderia fantasiar e imaginar que foi num belo campo, entretanto, apesar da beleza da garota, teu mundo não parece ser o mais belo, apenas simples.
Comparando o meu mundo ao dela, não vejo muitas diferenças.
Porém, só não posso fazer esta comparação hoje, pois é um dia solitário.
Onde não se encontra sorrisos e alegria, só tédio e angústia.
Mas pelo menos algo nele ainda brilha. Quer dizer, ainda tenta brilhar.
Procuro a minha volta e ali está ele: um sol acizentado. Logo, tenho esperança que amanhã ele terá um brilho intenso e fará esquecer esse dia tão... solitário.

Um comentário:

Srta Pecinha de Lego disse...

era uma vez eu com saudades tamb�m. era uma vez um monte de formigas num dia solid�rio.

nao. eu nao usei drogas.